11ago
marketing de conteudo

Passo a passo para iniciar um estratégia de Marketing de Conteúdo

Por: Rafael H. agosto 11, 2017

Marketing de Conteúdo para cá, Marketing de Conteúdo para lá, parece que esse é um dos termos de marketing que mais se ouve ultimamente, certo?

Realmente, a maioria das empresas no Brasil já faz uso dessa estratégia por algum tempo, e essa tendência só deve aumentar nos próximos anos.

Talvez você ainda não tenha entendido plenamente por que tanta atenção em torno de alguns posts de blog, ou não veja como produzir conteúdo pode ser usado para realmente aumentar suas vendas.

Seja como for, hoje você não só vai aprender por que o Marketing de Conteúdo fundamental é para você, como também vai ver um passo a passo para iniciar a sua própria estratégia!

Por que o Marketing de Conteúdo é fundamental para você

Quando falamos que o Marketing de Conteúdo é para você, estamos falando sério! Quer ver a prova definitiva disso?

Separamos uma lista de situações, e acredite: em pelo menos uma delas você com certeza se encaixa. Daí, vamos mostrar como essa estratégia pode ser útil em cada uma delas.

Basicamente, o Marketing de Conteúdo é útil para:

Empresas de qualquer tamanho ou segmento

Não importa em que setor a sua empresa atua, nem o tamanho dela, a produção de conteúdo de qualidade pode sim fazer com que tenha melhores resultados.

Alguns exemplos de empresas que se beneficiam disso envolvem:

  • instituições de ensino: que melhor forma de atrair e engajar os alunos do que por meio de um conteúdo relevante e atrativo?;
  • agências digitais: o Inbound Marketing, que se baseia na produção de conteúdo, é uma das maiores tendências entre agências digitais atualmente;
  • prestadoras de serviços: o Marketing de Serviços também pode ser impactado positivamente por uma boa estratégia de conteúdo;
  • locais (restaurantes, cafés, etc.): esse tipo de estabelecimento pode ver resultados incríveis. Confira estratégias de Marketing Gastronômico.

marketing de conteudo weblink

Negócios digitais

Que dizer de quem tem um negócio digital, também pode usar o Marketing de Conteúdo? Com certeza! Empresas que se baseiam na web já têm obtido excelentes resultados.

Algumas delas que podemos citar são:

  • e-commerce: em um mercado cada vez mais competitivo, apostar no Marketing de Conteúdo é uma das melhores formas de diferenciar um e-commerce;
  • infoprodutos: produtos digitais e conteúdo de qualidade andam lado a lado. É impossível ter sucesso nesse mercado sem a ajuda de um conteúdo sólido;
  • SaaS: negócios que funcionam no modelo de assinatura precisam conquistar os clientes a cada dia, e o conteúdo ajuda a gerar valor de forma natural.

Profissionais individuais

Já ficou claro que o marketing de Conteúdo é ótimo para beneficiar instituições e organizações de todos os tipos e escopos, mas para por aí.

Mesmo profissionais podem tirar proveito dessa estratégia em base pessoal, e muitos já fazem isso, como:

  • MEI (Microempreendedor Individual): quem empreende sozinho também pode ver no Marketing de Conteúdo uma oportunidade de crescer e expandir os negócios;
  • Influenciadores: Influenciadores só têm tanto poder sobre o público porque o conteúdo que produzem (seja ele qual for) é considerado relevante;
  • Profissionais em ascensão: o Marketing Pessoal, que também é focado em produzir conteúdo, traz ótimos benefícios para quem busca crescer na carreira.

Como criar uma estratégia de Marketing de Conteúdo em 10 passos práticos

Se ainda existia alguma sombra de dúvida de que o Marketing de Conteúdo não era para você, essa rápida análise que fizemos provou o contrário, certo?

Isso é ótimo, agora o foco é em ajudá-lo a dar os primeiros passos rumo ao sucesso como produtor de conteúdo.

A ideia aqui não é entrar em detalhes sobre o que está envolvido em cada um dos passos.

Antes, é dar um direcionamento prático que você possa seguir para começar o quanto antes. Confira os 10 passos abaixo:

1. Defina seus objetivos

Existem vários objetivos diferentes que você pode buscar ao fazer Marketing de Conteúdo. Para começar, dependendo de qual seja o seu caso nas várias situações citadas acima, pode ter metas distintas.

Algumas das principais para facilitar a sua escolha são:

  • gerar mais leads, ou seja, mais oportunidades de venda;
  • aumentar as vendas diretamente;
  • educar o mercado sobre um produto ou solução pouco conhecida;
  • gerar autoridade para a sua marca em meio aos concorrentes.

Você também pode escolher mais de um objetivo para a sua estratégia. O importante é focar nos alvos certos, pois eles definirão boa parte das suas decisões depois.

2. Escolha indicadores de desempenho

Indicadores-chave de desempenho, também chamados de KPIs, são essenciais para medir o quanto a sua estratégia está perto de alcançar os objetivos definidos com o passar do tempo.

Por que isso é importante? Conforme o planejamento é executado, nem sempre as ideias iniciais se mostram eficazes em alcançar as metas estabelecidas.

Nesses casos, é preciso fazer ajustes que façam a estratégia “voltar aos trilhos”, de forma que dê os frutos esperados e se mostre um investimento realmente valioso.

3. Crie sua persona

Quem é o seu cliente ideal? Essa pergunta deve ser respondida quando você ler a descrição da sua persona. E sim, falo no singular mesmo, pois no início é melhor contar com apenas uma persona.

Será muito mais fácil produzir conteúdo regularmente para apenas uma persona do que para várias.

A persona deve ser criada com base em quem já compra de você, seus clientes atuais. Você encontra um passo a passo de como criá-las aqui.

4. Selecione os canais e ferramentas de marketing

Os canais e ferramentas de marketing usados são cruciais para o sucesso da sua estratégia, então é muito importante tirar algum tempo para pensar bem em quais vai usar.

Alguns dos principais canais que recomendamos são:

Também existem algumas ferramentas muito úteis para gerenciar esses canais e fazer bom uso deles.

5. Inicie o planejamento de conteúdo

O próximo passo é iniciar o planejamento do conteúdo. Você deve planejar tudo levando em conta a persona, caso contrário nem o conteúdo mais interessante do mundo vai te ajudar a ter sucesso.

De forma resumida, esse planejamento envolve:

Esse vai ser o esqueleto da sua produção de conteúdo, seu ponto de partida para cada texto publicado.

estrategia marketing de conteudo weblink

6. Coloque os canais para funcionar

Agora que já tem a produção de conteúdo definida, pode colocar os canais de distribuição para funcionar, pois eles logo serão necessários.

Supondo que você siga nossa recomendação de usar um blog, e-mail marketing e as redes sociais, esse é o momento de:

  • criar um blog e deixá-lo pronto para funcionar;
  • organizar seus perfis nas redes sociais (com imagem de perfil, capa e tudo que eles têm direito);
  • Configurar sua ferramenta de e-mail marketing e escolher os templates de envio.

7. Monte seu calendário editorial

Montar um calendário editorial será de grande importância para manter os seus cronogramas de produção e divulgação bem organizados e atualizados.

Um calendário é seu amigo, pois fará com que a sua estratégia de marketing tenha consistência.

Você fará bem, por exemplo, em publicar sempre nos mesmos dias e horários, a fim de que seu público saiba quando esperar por conteúdo novo.

Além disso, poderá agendar postagens nas redes sociais de acordo com a data e horário de lançamento dos posts.

8. Produza o conteúdo

Está surpreso em saber que produzir o conteúdo é apenas o oitavo passo da nossa lista? Pois é, existe muito trabalho por trás de uma estratégia de Marketing de Conteúdo antes da primeira palavra ser escrita.

Dito isso, não se esqueça que se a produção do conteúdo for feita sem o devido cuidado e qualidade, todo esse trabalho de que falamos até agora pode ir por água abaixo.

A boa escrita é fundamental, e novamente vale a pena lembrar: pense o tempo todo na sua persona. Ela é o Norte do seu conteúdo.

Por fim, revise bem o material antes de publicar, isso vai evitar que o seu conteúdo perca força por erros básicos de ortografia e concordância.

9. Divulgue o conteúdo publicado

As redes sociais e o e-mail marketing, recomendados neste artigo, são especialmente úteis nesse momento da estratégia, pois ampliam muito o alcance do conteúdo produzido.

Descubra a melhor frequência e horário de postagem em cada uma de suas fan pages nas redes, pois isso ajudará a ter melhores resultados em termos de cliques e compartilhamentos.

Também busque segmentar e dosar a frequência dos seus e-mails para não sufocar o público com informações demais, correndo o risco de se tornar inconveniente.

10. Analise a estratégia usando os indicadores escolhidos

Por último, mas não menos importante, vem a análise dos indicadores de desempenho que você definiu lá atrás.

Depois de alguns posts publicados já será possível ter uma ideia de como seu conteúdo está desempenhando. Mas não tenha pressa em mudar tudo logo nas primeiras semanas.

É sempre bom lembrar que paciência é essencial para ter sucesso com o Marketing de Conteúdo.

Iniciar uma estratégia de Marketing de Conteúdo é um dos melhores investimentos que você pode realizar, não importa qual seja o seu objetivo ou situação profissional. Afinal, produzir conteúdo de qualidade é a melhor forma de gerar valor para outros e engajá-los a retribuir o gesto.

Agora que você está pronto para entrar no mundo do Marketing de Conteúdo, precisa conhecer alguns dos mestres no assunto, como o Brian Halligan. Veja mais sobre um dos criadores do Inbound Marketing!

Esse post foi produzido pela equipe da Rock Content.

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/blog/passo-passo-para-iniciar-um-estrategia-de-marketing-de-conteudo/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *