27set
aprenda como criar um blog com a weblink

Como Criar Um Blog

Por: Andrei L. setembro 27, 2018

Como Criar Um Blog costuma ser uma das perguntas mais frequentes para quem está começando sua jornada de sucesso na internet. Resumidamente, um blog é uma excelente ferramenta online para mostrar conhecimentos, a autoridade, as especialidades e os diferenciais de uma empresa através de conteúdos ricos em informação com textos, imagens e vídeos.

Porém, é comum que muitas pessoas, empreendedores e empresas não tenham um blog simplesmente por não saber saberem como fazer um. É por isso que este artigo existe! Vamos desmistificar o processo de como criar um blog apresentando o passo a passo de como fazer. Também explicaremos por que é importante ter um blog e como utilizar o potencial da ferramenta para conquistar visitantes e ser reconhecido pelo que se faz na internet.

Por que é importante ter um blog?

Um blog não é apenas um pretexto para você estar na internet de qualquer jeito. Com a ferramenta, você consegue desenvolver seu lado pessoal como especialista em algum assunto. Já como empreendedor, sua empresa pode ter uma série de vantagens com o tempo.

Abaixo, confira alguns dos benefícios mais imediatos que você ou seu negócio terá assim que decidir ter um blog.

  • Desenvolver o lado pessoal. É especialista em algum assunto ou apenas gostaria de contar para todo mundo como tem sido a sua rotina de trabalho e estudo? É dessa maneira que muita gente começa com um blog. Seja com novidades do seu cotidiano ou com o aprofundamento de ideias ou conhecimentos em algum conteúdo, a ferramenta suporta qualquer tipo de tema e especialidade.
  • Sua marca será mais conhecida. Está começando um negócio ou já tem uma empresa bem estabelecida no mercado e gostaria de impulsionar sua visibilidade e atrair mais clientes? Um blog serve inteiramente a esse propósito. Independente do tamanho do seu empreendimento, espalhar o nome da sua marca para o maior número de pessoas possíveis é de suma importância para ser bem-sucedido.
  • Potencial ilimitado de crescimento. Ter um blog não significa que você terá uma audiência consolidada em pouco tempo. É preciso muito trabalho, competência e dedicação para produzir e divulgar conteúdos completos, relevantes e informativos para seus visitantes. Com o tempo, seu blog começa a crescer e a construir credibilidade com autoridade e reputação, atraindo cada vez mais novos leitores. Sacou o potencial gigantesco de crescimento?
  • Ser encontrado nos mecanismos de busca. Se seu blog pessoal ou da sua empresa não aparecem nos motores de busca (Google, por exemplo), como conquistar o sucesso na internet? Um blog é uma das formas mais eficazes de ser encontrado na rede pelo seu público-alvo. A partir do momento em que conseguir um fluxo de tráfego mais sólido, seu projeto online estará bem encaminhado para aparecer cada vez mais nos resultados de pesquisas orgânicas.

para criar um blog você precisa de hospedagem e domínio

O que você precisa ter antes de saber como criar um blog?

Começar um blog não é uma tarefa tão simples. Mas não se preocupe, pois estamos aqui para direcionar você no caminho certo e o menos trabalhoso possível. Antes de saber como criar um blog, você precisa se atentar a algumas questões que vão impactar diretamente na existência e no sucesso do seu blog.

1. Defina seu nicho de atuação

Um blog é a sua identidade na internet. É nele que as pessoas, os visitantes e seus potenciais clientes vão passar a conhecer mais sobre as suas especialidades, conhecimentos e os serviços da sua empresa. Por isso, é muito importante que você defina um nicho de atuação antes mesmo de ter seu projeto online.

Não tenha pressa e delimite que tipos de conteúdos, assuntos e produtos serão o foco do seu blog. Assim, você também facilita a impressão inicial de quem for acessá-lo, pois ficará sabendo imediatamente sobre o quê você escreve e quais tipos de materiais e temas esses mesmos esses mesmos visitantes vão encontrar lá.

Como uma dica inicial, priorize alguma área ou tema que você tenha conhecimento de sobra e alguma facilidade para escrever ideias. Dessa forma, você vai começar a postar conteúdos com prazer, espalhando conhecimento para outras pessoas e mostrando o quão especialista você é em determinado segmento.

2. Escolha uma plataforma de blog

Por plataforma, entenda CMS, que nada mais é do que um Sistema de Gerenciamento de Conteúdos. E é aqui que você precisa escolher algum tipo que mais se encaixa com seu perfil de usuário.

Afinal, é na plataforma de blog que você vai armazenar todas as suas criações, não importa se forem conteúdos escritos, imagens, vídeos, animações ou os produtos e serviços que for vender

Vamos ajudar você com as 3 principais plataformas (CMS) para blog que você pode usar.

WordPress

conheça o cms wordpress

O WordPress é o CMS mais usado no mundo. É uma plataforma intuitiva e a mais indicada para quem está iniciando um blog. Isso se dá em virtude da sua facilidade de uso e gerenciamento de conteúdos.

Além disso, não é necessário conhecer programação para usá-lo com propriedade e, dentro de alguns minutos, você já consegue criar um design estiloso, inserir conteúdos e publicá-lo sem problemas.

Prós Contras
Acessível para quem está começando. Atualizações constantes.
Quantidade absurda de temas e plugins. Manutenções periódicas.
Otimizado para SEO (motores de busca).

Joomla

conheça o cms joomla

Embora seja concorrente do WordPress, assim como este, o Joomla é uma plataforma de código aberto e que hospeda muitos blogs mundo afora.

O Joomla se destaca pela sua otimização e configuração fácil sem precisar de muitos conhecimentos técnicos. Além disso, a plataforma também tem temas e plugins para você adicionar recursos como desejar.

Prós Contras
Acessível para iniciantes. Menos flexível que WordPress (e Druplal).
Painel de controle intuitivo para uso. Já teve problemas com segurança antes.
Suporta mais de 70 línguas diferentes.

 

Drupal

cms drupal para criar blog

O Drupal também é uma outra opção de plataforma que você pode usar. Além de ser altamente flexível, o CMS oferece opções para você implementar recursos mais complexos. Por isso mesmo, ele é mais indicado para programadores e desenvolvedores experientes.

Prós Contras
Para desenvolvedores e programadores experientes. É preciso conhecimento técnico em programação.
Permite adicionar recursos e funções mais complexas. Exige conhecimento em linguagens específicas para aproveitar tudo.
Flexibilidade e segurança no uso. Poucos materiais de ajuda na internet e comunidade de suporte pequena.

3. Escolha uma hospedagem com melhor custo-benefício

Assim que escolher a plataforma (CMS) que vai ser a espinha dorsal do seu blog, você precisa considerar quais recursos você quer que seu projeto tenha. E isso está totalmente relacionado ao tipo de hospedagem de sites que você vai precisar usar.

Uma hospedagem de sites é o local que você tem em um servidor online para guardar todas as informações do seu blog. Este servidor nada mais é do que um computador físico que fica ligado a todo momento e garante que seu site esteja sempre funcionando online.

Existem alguns tipos de hospedagem de sites existentes para se decidir por aquele que é o mais indicado para o seu blog. Abaixo, confira quais são eles, suas vantagens e desvantagens, características que vão ajudá-lo a escolher o serviço certo.

Hospedagem Compartilhada

hospedagem compartilhada barata e de qualidade

A Hospedagem Compartilhada é mais indicada para quem está começando sua jornada de sucesso na internet e que precisa de algum lugar inicial para hospedar seus conteúdos.

Ela funciona exatamente como seu nome indica, em que usuário divide todos os recursos (largura de banda, RAM, espaço em disco) com cada outros sites e blogs a partir de um único servidor físico, que comporta todos ao mesmo tempo.

Esses servidores são monitorados e otimizados constantemente para garantir a rapidez e a fluidez dos serviços. Assim, o desempenho no alto é para todos os usuários, sites e blogs que compartilham a hospedagem.

Prós Contras
Mais barata e acessível de usar. Os recursos são compartilhados com outros sites e blogs.
O tempo de disṕonibilidade (uptime) e as atualizações são responsabilidade do fornecedor. Poucas opções de configuração.
Suporte de 24 horas nos 7 dias da semana. Não possui acesso root.
Instalação de recursos e funcionalidades com apenas 1 clique pelo AutoInstalador.

Hospedagem Cloud

hospedagem cloud na weblink

A Hospedagem Cloud é voltada para donos de empresas e projetos mais arrojados. Ela oferece um servidor virtual ao mesmo tempo em que mantém a facilidade de uso da hospedagem compartilhada.

Um dos maiores diferenciais da Hospedagem Cloud é que os recursos que os usuários têm em mãos garantem qualquer volume de tráfego no seu site ou blog. Sendo assim, é praticamente certo que não haverá problemas de lentidão ou falhas.

Fora isso, os recursos são exclusivos por conta. Ou seja, ao contrário da hospedagem compartilhada, você não divide recursos com mais nenhum outro usuário.

Prós Contras
Recursos dedicados para cada usuário e endereço de IP disponível. Preço um pouco mais alto quando comparado a outros serviços.
Suporte de 24 horas nos 7 dias da semana. Poucas opções de configuração.
Instalação de recursos e funcionalidades com apenas 1 clique pelo AutoInstalador. Não possui acesso root.
Permite upgrade da hospedagem compartilhada a qualquer momento.

Hospedagem VPS

hospedagem vps é na weblink

VPS (Virtual Private Server) é a hospedagem mais robusta. É o tipo de serviço que garante a maior autonomia, liberdade e controle de recursos possível para o seu projeto na internet.

Por isso mesmo, é mais indicada para usuários, desenvolvedores e programadores com muita experiência em configuração de servidores. Além de ser ideal para grandes grupos empresariais, sites, blogs e lojas virtuais com muitos conteúdos, páginas e tráfego elevado.

Prós Contras
Possui acesso root. Precisa de conhecimento avançado sobre servidores.
IP dedicado e recursos diferenciados. Exige conhecimento avançado em gerenciamento de servidores.
Muitas opções de soluções e flexibilidade de uso. Não é gerenciado.
Administrador com amplo controle dos recursos. Exige dedicação do usuário para aprender mais e técnicas de uso do serviço.

4. Registre um domínio para seu blog

Além da hospedagem, todo blog também precisa de um endereço na internet para ser encontrado. Esse endereço é o domínio.

DICA: Se você adquirir um plano de hospedagem de 12 meses (Planos Prata ou Ouro) ou maior período, você ganha um registro domínio grátis nos formatos .com.br, .com, .net, .org, .info ou .xyz para o primeiro ano.

Use uma ferramenta de pesquisa de domínio para encontrar o endereço que você quiser. Basta digitar o endereço da sua preferência no campo de busca e ver as opções disponíveis.

ferramenta de registro de domínio

Como você pode ver na imagem acima, é possível encontrar domínios a partir de R$ 3,99.

Como criar um blog no WordPress

Após escolher o seu tipo de hospedagem e o domínio, a próxima etapa é, enfim, saber exatamente como criar um blog. Primeiramente, você precisa definir qual CMS (Gerenciador de Conteúdo) que você vai usar no seu blog.

Anteriormente, mostramos três principais plataformas para blog: WordPress, Joomla e Drupal. Vamos focar na plataforma WordPress pelas suas vantagens.

Vamos começar?

Instalação do WordPress

A instalação do WordPress é bem simples e leva bem pouco tempo. Tudo o que você precisa fazer é acessar o seu painel de controle de hospedagem WebLink. Navegue até a seção Hospedagem e clique em Autoinstalador.

autoinstalador painel de hospedagem

Já na próxima tela você vai ver o ícone do WordPress. Clique nele para iniciar o processo de instalação.

instalando wordpress pelo autoinstalador do painel de hospedagem

Agora, basta seguir com as informações básicas das próximas telas, entre elas credenciais de acesso ao seu blog, que o WordPress irá instalar automaticamente em alguns segundos.

instalador wordpress para criar blog no cms

Painel de Administrador

Assim que tiver acesso ao seu blog WordPress, você poderá vasculhar o painel de controle do CMS. Ele é bastante intuitivo e todo e qualquer gerenciamento de conteúdo que você você quiser colocar e tiver no seu blog será feito por ele.

Para acessar seu painel de administrador do blog WordPress digite no navegador: seudomínio.com.br/wp-admin (em que “seudomínio” é o domínio que você escolheu anteriormente).

painel de administrador do wordpress

Temas

Temas são recursos que você usa para dar uma aparência personalizada e estilosa para o seu blog. Existem milhares de temas gratuitos e pagos. Para escolher um da sua preferência, encontre a seção Aparência no menu do Painel de Administrador.

escolhendo temas no wordpress cms

Plugins

Plugins são ferramentas que você usa para adicionar recursos e funcionalidades específicas ao seu blog. E, assim como os temas, o WordPress tem uma biblioteca gigantesca com diversas opções para escolher.

plugins para wordpress

O interessante dos plugins é que, além de recursos adicionais, a grande maioria deles é gratuita. Sendo assim, você pode baixar e instalar um plugin de preferência, testar e, se não gostar, remover logo em seguida sem gastar nada com isso.

E, se não sabe por onde começar, temos a recomendação de 3 plugins essenciais que seu blog precisa ter.

  • Yoast SEO. Otimização de posts com técnicas de SEO para seu blog ser encontrado pelos motores de busca, como o Google.
  • Akismet Anti-Spam. Remove comentários do tipo spam dos comentários recebidos pelo seu blog.
  • Jetpack. Um conjunto de recursos que fornece informações sobre desempenho, segurança e estatísticas do seu blog.

Posts e Páginas

Como o próprio nome já informa, as seções de Posts e Páginas serve justamente para você adicionar postagens e páginas ao seu blog.

Em Páginas, você consegue criar páginas que complementam as informações mais importantes do seu blog. Exemplo: uma página do tipo “Sobre Nós”, “Equipe” e “Contato”.

criar posts e páginas no wordpress

Já a seção Posts é onde a mágica realmente acontece. É aqui que você cria conteúdos com títulos, textos, imagens e vídeos e consegue publicar tudo na internet.

Esta é a etapa em que você vai poder usar o máximo de potencial do seu blog WordPress. É a hora de criar, otimizar e publicar conteúdos.

Como você já definiu o nicho de atuação do seu blog, basta pensar em conteúdos que possam atrair cada vez mais visitantes.

Lembre-se de explorar seus conhecimentos especializados em algum assunto, criar uma agenda de periodicidade de publicações e caprichar na escrita e no visual de apoio das suas postagens.

dicas par ter mais resultados com um blog SEO

6 dicas para ter mais resultados com seu blog

Agora que você já sabe como criar um blog e até mesmo a como criar os primeiros conteúdos, está pronto para conquistar seu espaço na internet. Mas, é claro, sabemos que você quer tirar o máximo de proveito possível com a sua plataforma e ter os melhores resultados possíveis.

Essa tarefa não é fácil, mas com as orientações do quê fazer você pode chegar lá. Pensando nisso, listamos 8 dicas do que você pode implementar para potencializar os resultados do seu blog e atingir seus objetivos na rede.

1. Conheça sobre SEO

SEO (Search Engine Optimization) nada mais é do que Otimização para Mecanismos de Busca (em tradução livre, do inglês).

Você possa aproveitar esse recurso para fazer com que o seu blog seja melhor posicionado nos resultados das pesquisas em mecanismos de busca, como o Google, por exemplo.

Aprenda mais sobre SEO:

2. Use palavras-chaves

Esta é uma excelente tática para ser encontrado nos mecanismos de busca. Quando for criar postagens e páginas no seu blog, considere usar palavras-chaves e frases específicas que as pessoas costumam usar no dia a dia.

Assim, na hora em que elas forem pesquisar termos, assuntos, temas, serviços e produtos, são altas as chances do seu blog serem indicados nos resultados destas mesmas pesquisas. Se isso acontecer, seu blog pode acabar recebendo muitos cliques.

Para escolher a palavra-chave mais apropriada para o seu conteúdo ou página de blog, leve em consideração a intenção que uma pessoa teria ao procurar por tal assunto. Dessa forma, você direciona não só o conteúdo da publicação, mas também a forma como ele pode ser encontrado.

Atualmente, existem diversas ferramentas gratuitas que você pode começar a planejar suas publicações a partir delas. Recomendamos.

3. Elabore uma estratégia de conteúdo

A dica das palavras-chaves é bastante valiosa. Com ela, você consegue elaborar uma estratégia de conteúdo que pode envolver alguns dos temas mais pesquisados sobre tal assunto, produto ou marca.

Sendo assim, comece uma planilha qualquer e, nela, liste alguns assuntos, dos mais específicos aos mais amplos, para criar conteúdos baseados nas palavras-chaves que você definir.

É também recomendado criar uma espécie de calendário para você criar uma certa periodicidade na criação e publicação de conteúdos. Afinal, se você quer atingir os resultados esperados, precisa publicar artigos com certa frequência para não deixar sua audiência sem novidades.

4. Explore as redes sociais

Atualmente, é indispensável ter uma conta nas principais redes sociais para poder espalhar seus conteúdos pela rede.

Primeiro, você cria um relacionamento com seus leitores, gerando engajamento, interações e passando a descobrir que tipos de conteúdos trazem mais visualizações para a sua página.

Pensem em usar redes sociais como Facebook, Instagram e Twitter. Além de conquistar novos leitores e mais acessos com o compartilhamento dos seus conteúdos por visitantes que já conhecem o trabalho que você faz.

5. Implemente o Google Anaylitcs

O Google Analytics é uma ferramenta que permite, entre outras funções, que você monitore e obtenha relatórios do tráfego de todas as páginas do seu blog. Você também tem acesso a estatísticas de comportamento, tempo de permanência em página, entre outros dados.

Essa é uma ótima maneira de saber quais conteúdos têm maior repercussão e visibilidade no seu negócio, o que faz com que você conheça melhor seu público-alvo e pense em criar novas estratégias de conteúdos para atender aos desejos dele.

O Google Analytics é uma adição que pode fazer toda a diferença no sucesso do seu blog. E, o mais legal: a ferramenta é gratuita e que não existe muito conhecimento técnico na hora da instalação.

Contudo, você vai precisar conhecer sobre cada seção, categoria e termos e a quais páginas os dados apresentados na tela do software se referem. Para não ficar perdido, acesse este guia de análise de dados do Analytics.

6. Tenha paciência e perseverança

Como criar um blog é apenas parte do processo da jornada de conquistar seu sucesso na internet. Além de ser um investimento a longo prazo, você vai precisar de esforço, paciência e perseverança para atingir os seus objetivos.

Antes de tudo, leva um tempo até que o Google, o principal mecanismo de busca da internet, reconheça que seu blog existe e comece a indexar as primeiras páginas e conteúdos. Sendo assim, você precisa continuar a estratégia de produção e publicação de conteúdos regularmente.

Fora isso, não espere que a sua audiência chegue do dia para a noite. Mesmo com o impulso da visibilidade das redes sociais (curtidas e compartilhamentos), o tráfego só vai vir se você manter uma estratégia de publicação de conteúdos que seja feita em conjunto com a conquista de backlinks.

com um blog você pode criar conteúdos incríveis

Conclusão

Parabéns! Você acabou de aprender a como criar um blog. E tem no WordPress uma ferramenta super completa e que fornece todos os recursos e funcionalidades de que você precisa para conquistar seu merecido sucesso na internet.

Está esperando o quê para construir a sua presença online com a WebLink? Estamos aqui para ajudar no que você precisar. Se preferir, deixe uma mensagem nos comentários abaixo que entraremos em contato logo em seguida!

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/como-criar-um-blog/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *