24jul
retorno sobre investimento blog weblink

Aprenda a calcular o retorno sobre investimento no seu blog

Por: Rafael H. julho 24, 2017

Hoje, ter um blog é uma das formas mais rentáveis de ganhar dinheiro na internet. As métricas de retorno sobre investimento mostram a relação custo-eficácia de diferentes estratégias de marketing. 

O problema em determinar o seu ROI (Retorno Sobre Investimento) é que blogs não tem uma equação plana, ou seja, você não possui um investimento fixo. É uma máquina constante, tanto com produção de conteúdo quando para otimização, marketing e publicação social.

Você não pode atribuir um custo fixo para cada postagem do blog, pois também deve considerar os custos de promover estas postagens, os custos de edição, hospedagem na web e muito mais. 

Começando a calcular seu ROI

A primeira coisa a se fazer para calcular o retorno sobre investimento é começando pelas despesas.

Qual é o custo direto de escrever uma postagem no blog? Se você terceirizou sua postagem, basta registrar o quando você pagou pela postagem. Se está sendo escrito por alguém da sua equipe, você deve considerar o salário que é pago.

Quais são os outros custos tangíveis que entram nesta postagem? Coloque também se você está investimento também em tecnologia e recursos.

Quais são os custos associados à execução do blog? Você tem taxas de design do site, taxas de hospedagem na web, o custo do software que você precisa para hospedá-lo e gerenciá-lo, etc. Confira abaixo um passo a passo para você calcular seu ROI. 

1. Determine todos os custos fixos e custos recorrentes para design e tecnologia

Alguém tem que projetar seu blog, e isso custa dinheiro. Alguém tem que manter a infraestrutura tecnológica do seu blog, que também custa dinheiro.

Se você terceirizou o design e a hospedagem, isso é fácil de registrar. Tudo o que você precisa fazer é adicionar as contas o que você enviou para o projeto inicial e os custos mensais recorrentes para hospedagem.

Não se esqueça de incluir quaisquer custos extras para aquisição de software para melhorias, artes personalizadas e quaisquer outros gastos adicionais.

2. Determine o custo total necessário para criar o blog

Ao calcular quantas horas de esforço são colocadas no seu blog, você deve incluir todas as horas necessárias para escrever, editar, analisar e gerenciar o blog.

Escrever e editar são tarefas fáceis de entender. Analisar inclui revisar o conteúdo escrito para ver se é útil e atraente. Também inclui qualquer revisão de análises para determinar o desempenho do blog.

O gerenciamento do blog inclui outras tarefas, como as tarefas técnicas necessárias para mantê-lo funcionando em seu servidor, tarefas de contabilidade e assim por diante.

Muitas empresas contratam profissionais externos, facilitando o cálculo dos custos. Você pode precisar fazer alguns cálculos adicionais se você tiver pessoal interno e contratados que desempenham essas tarefas para determinar a taxa horária efetiva necessária para trabalhar no blog.

Você pode reduzir custos com freelancers estimulando seus Guest Posts. Está familiarizado com esse conceito? Veja mais em nosso post sobre o assunto!

3. Calcular custos fixos e custos recorrentes

Enquanto os custos de inicialização são corrigidos, você provavelmente terá sempre custos mensais para hospedagem, manutenção e, claro, escrita no blog.

A maneira mais fácil de determinar o quanto sua campanha de publicidade baseada no blog está custando a você, é ver que tipo de comportamentos orientados para a receita estão sendo gerados como resultado de suas atividades de blogueiro.

calcular retorno sobre investimento blog weblink

4. Audiência e alcance de conteúdo

De acordo com um relatório HubSpot de 2013, 85% dos blogueiros relataram aumento do tráfego na web dentro de sete meses após o início das atividades de Inbound Marketing.

Embora seja verdade que a construção de um blog bem sucedido pode levar algum tempo, há coisas que você pode fazer (e medir) para acelerar este processo.

Antes de tudo, incentive o engajamento e alcance criando conteúdo relevante e interessante para seu público. Isso aumenta a probabilidade de seu conteúdo ser compartilhado e comentado pelos seus leitores. Além de notar qualquer aumento no tráfego na web, acompanhe o seu custo médio por visualização e o número de comentários e compartilhamentos que o conteúdo do seu blog recebe.

Quer saber como fazer seu site receber muitas visitas? Veja nosso post sobre o assunto! 

5. Geração de leads

Atribuir receita diretamente à publicação e distribuição de conteúdo de blog pode ser difícil. Pensar em atividades de blog dentro do contexto de seu funil de vendas inteiro pode facilitar a determinação do retorno sobre investimento.

Como o conteúdo do blog é tipicamente usado para atrair leads, incentive os leitores a se inscreverem em seu blog ou enviar informações de contato para obter conteúdo de maior valor. O engajamento contínuo nutre leads e os move mais abaixo no funil de vendas. Em seguida, você pode determinar a porcentagem de leads que se movem para se tornar leads qualificados.

Quer saber como ganhar dinheiro com seu blog? Veja nosso post. 

6. Custo da aquisição de clientes

Ao entender o quanto custa a sua empresa adquirir um novo cliente, você obtém informações valiosas sobre o quanto sua empresa deve investir em atividades de blog. Calcule seu custo de aquisição de clientes dividindo seu custo com o blog pelo número de visitas que recebe.

É aqui que a análise de desempenho é crítica. Determinar estatísticas, como as seguintes, têm um impacto sério sobre o quão bem você consegue calcular o retorno sobre investimento do seu blog: Novos visitantes (referências) para o seu blog; Novas inscrições de usuários em sua lista de newsletter; Produtos/serviços adquiridos como resultado da visualização do blog.

Embora possa se sentir um pouco difícil de medir o retorno sobre investimento de blogs, manter um foco nas metas e objetivos ajudará a dar peso às métricas que, em última instância, importarão o máximo para você e sua empresa.

Conclusão

No artigo de hoje, vimos a importância de calcular o retorno do seu blog, bem como quais as considerações que devem ser levadas em conta. Além disso, vimos as situações que um blog pode fazer toda diferença para otimizar seu esforço de vendas, no contexto empresarial.

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/como-criar-um-blog/retorno-sobre-investimento-blog/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *