19maio
venda online

7 estratégias infalíveis para realizar uma venda online

Por: Rafael H. maio 19, 2017

Apesar da situação econômica dos brasileiros não estar entre as melhores, as vendas online estão crescendo constantemente. Mesmo com os consumidores tendo menor poder aquisitivo do que em tempos mais tranquilos, as transações digitais estão aumentando por um simples fator: cada vez mais os compradores abandonam as lojas físicas para aderir ao e-commerce. Isso abre muitas oportunidades para realizar uma venda online. 

Por isso, mesmo os empresários que possuem seu sucesso diretamente ligado ao modelo tradicional estão começando a abrir seus negócios para o comércio virtual. Afinal de contas, o e-commerce representa uma grande oportunidade de aumentar significativamente seu lucro e gastar um preço relativamente bem menor. Ficou interessado? Então confira as 7 dicas de como melhorar as vendas online de seu site!

1 – Conheça seu público e entregue o que ele quer

Não sendo exclusiva do comércio digital, essa é uma das dicas mais valiosas para qualquer um que deseja fazer negócios. Para convencer alguém a comprar o que você tem a oferecer, é preciso conhecer muito bem a pessoa através de algumas informações, como poder aquisitivo, idade, gênero, região e, claro, seus gostos. Assim, você consegue pensar qual produto que você oferece tem mais chances de agradar a um determinado tipo de pessoa e pode começar o seu planejamento para definir qual abordagem utilizar para conquistar aquela venda.

Vale a pena sempre lembrar que é importante oferecer o que a pessoa quer. Parece uma dica óbvia, mas muitos comerciantes erram em ofertar todos os seus produtos de uma vez só para seus potenciais clientes e ficam sem efetuar nenhum tipo de venda porque a pessoa não enxergou, em meio de tantas opções, aquilo que poderia lhe agradar. Use as informações que você tem sobre seu público-alvo e trace estratégias para tornar relevante aquilo que ele mais teria chances de comprar em um primeiro contato. Aos poucos, você vai solidificando a sua relação com o cliente e pode exibir novos produtos, mas é importante oferecer imediatamente o “valor” buscado pelo visitante do seu site.

2 – Faça com que o cliente se sinta seguro em seu site

Um dos principais motivos de muitas pessoas serem resistentes a vendas online é a falta de segurança. Afinal de contas, quando você está em uma loja e compra um produto, você sabe onde fica a loja, como é o produto e tem a garantia de segurança da compra, certo? Por isso, você deve tentar fazer com que o visitante se sinta o mais seguro possível dentro do seu site para que nada o impeça de realizar a operação.

Para isso, é importante ser sempre totalmente transparente sobre os procedimentos de compra, a forma de pagamento e o prazo de entrega do produto. Isso gera confiança e permite que um cliente satisfeito realize novamente uma compra no seu e-commerce. Vale sempre lembrar de deixar claro também os dados da empresa (CNPJ, telefone e endereço) para caso alguém queira confirmar a existência do seu negócio.

Outro fator que cria a sensação de segurança para seus potenciais clientes é a opinião de outros usuários. Não tenha medo das críticas negativas. Confie no seu serviço e permita que usuários antigos efetuem avaliações sobre os produtos oferecidos por você. Isso certamente contará muito na hora de alguém decidir se compra algo seu ou da concorrência.

Considere também obter um certificado SSL, padrão global de segurança que cria um canal criptografado entre o servidor e o navegador.

cliente seguro em seu site

3 – Use um layout intuitivo para seu e-commerce

Ao visitar pela primeira vez o seu e-commerce, certifique-se de que o usuário saiba o que você está oferecendo e o que ele deve fazer para comprar. Layouts intuitivos são extremamente importantes para a execução de uma venda online, afinal, cada vez menos as pessoas têm tempo para ficar procurando por produtos na internet. A conclusão da compra é totalmente do seu interesse, então faça de tudo para que toda a parte gráfica do site contribua para que o cliente chegue até o momento de finalizá-la.

Além disso, você deve encarar o design do seu e-commerce como a vitrine de sua loja: quanto mais organizada e atrativa, mais atenção chamará dos consumidores. Coloque em evidência produtos que estão em promoção, customize-os de acordo com datas comemorativas e importantes para o varejo e lembre-se de otimizá-lo para ser o mais responsivo possível. Afinal de contas, cada vez mais os usuários estão acessando a internet por smartphones e tablets e deixando de lado o bom e velho computador.

4 – Invista em SEO

Para vender bem, é preciso que você seja encontrado. Por isso, é muito importante que o seu site esteja bem indexado no Google e seja um dos principais referenciais do buscador quando um usuário procurar por um tipo de produto que você ofereça. Otimize seu site para isso, trabalhe as palavras-chave e não deixe que ele fique muito pesado para carregar no navegador do cliente. Ou seja, invista em SEO

Outra dica valiosa é manter um blog de conteúdo. Assim, você consegue produzir textos relevantes sobre o universo do produto ou serviço que você pretende vender no seu e-commerce e se torna, aos poucos, autoridade no assunto. Essa certificação, além de ganhar vários pontos para a sua marca com o usuário, ajuda o Google a entender que você entende muito sobre aquilo e é um site altamente recomendável para alguém que esteja pesquisando isso na internet.

5 – Invista para ser visto

Na maior parte dos e-commerces, o tráfego inicial não é feito de forma orgânica. Aliás, isso é até esperado, já que os consumidores não conhecem sua loja e o Google ainda não o considera uma referência na venda online. Por isso, é importante investir em anúncios pagos na internet para que o público-alvo que você busca atingir tenha conhecimento dos seus produtos e promoções.

Google Adwords e redes sociais são ótimos lugares para divulgar sua marca e mostrar que seu e-commerce chegou no mercado. Invista com sabedoria – sabendo segmentar muito bem o seu público-alvo – e oferte os produtos certos que poderão chamar a atenção do potencial cliente e converter ele a entrar no seu site e descobrir o que mais você tem a oferecer.

6 – Faça testes A/B

Testes A/B são experimentos que qualquer pessoa que queira se aventurar nas vendas online pode fazer. Eles servem para testar na prática qual a reação de um grupo de usuários em relação a dois tipos diferentes de algum aspecto. Exemplo: não sabe se deve colocar um botão de “compra agora” ou um botão de “compre aqui”? Você pode colocar um dos botões por um período determinado de tempo, ou outro pelo mesmo período e depois mensurar qual das duas opções teve a melhor taxa de conversão.

Os testes A/B são muito importantes para decidir a melhor forma de exibir seu produto pro usuário e também para identificar gargalos no funil de vendas do seu e-commerce. Você pode testar as mudanças de layout, formulário de cadastro, fotos de produtos, organização da vitrine e descrições de produtos, por exemplo.

7 – Mantenha contato com seus clientes

No meio digital, tudo que um comerciante mais quer é ter o máximo de informações possível para tomar suas decisões. Por isso, valorize quem já deu essas informações para você. Potenciais clientes que se cadastraram para receber novidades sobre sua marca (leads) e usuários que já compraram alguma coisa do seu e-commerce são pessoas que já demonstraram que querem – ou em algum momento já fizeram – uma compra no seu site.

Mantenha contato com eles, enviando material de qualidade sobre os serviços que você oferece e avisando sobre promoções. Também é sempre bom premiar essas pessoas por serem “fiéis” à sua marca, então cupons de desconto e ofertas exclusivas são estratégias muito válidas.

Conclusão

Afinal, qual a chave do sucesso? O principal segredo para seu e-commerce bombar é estar ligado nas novas tendências. Contratar um serviço de hospedagem de sites eficiente, melhorar constantemente seu design para ser cada vez mais intuitivo e saber o que o seu público-alvo busca são os três caminhos básicos para iniciar um negócio de sucesso. É sempre interessante observar também o que a sua concorrência está fazendo e quais problemas você percebe na usabilidade do seu site e que não percebe na deles. Além disso, sempre se certifique de que não exista nada que distraia ou desencoraje o seu usuário no caminho até realizar a compra.

Se seguir esses passos, as suas chances de conseguir bons resultados com vendas online vão melhorar significativamente. Gostou? Então conte para a gente nos comentários quais outras estratégias você acha viável para melhorar o desempenho de um e-commerce!

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/e-commerce/7-estrategias-infaliveis-para-realizar-uma-venda-online/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *