12jul
gateways de pagamento capa weblink

Escolhendo seus gateways de pagamento

Por: Rafael H. julho 12, 2017

Assim que você decide montar seu e-commerce, você vai precisar escolher o seu gateway de pagamento que será utilizado pelos usuários. Os gateways de pagamento servem para transmitir dados entre os envolvidos nas transações de e-commerce, de forma segura, rápida e cômoda.

E para começar nossa conversa de hoje, é importante repetirmos que você precisa saber que existem três maneiras de se receber pelo serviço prestado ou produto oferecido através da internet:

1. Os intermediadores de pagamento, que viabilizam o escalonamento fortalecido do e-commerce;

2. Gateways de pagamento, que integra os participantes da venda (cliente, proprietário e cartão);

3. Interação direta com o seu cliente, utilizando sistemas de pagamento como Cielo e Rede.

Vamos abordar cada uma dessas formas ou gateways de pagamento para que você possa escolher a que se encaixa melhor no seu perfil de vendas.

Lembrando que cada uma possui suas especificidades, porém, são todos bem seguros.

Além dos Gateways de Pagamento, você também pode achar interessante conhecer opções de pagamento online que podem facilitar a vida de seu usuário. 

1. Os intermediadores de pagamento

São aquelas empresas digitais que terceirizam o processo de pagamento independente dos serviços e produtos oferecidos pelo empreendedor ou vendedor virtual.

Na pratica esse processo funciona seguindo os seguintes passos:

1. O cliente ou usuário vai primeiro acessar a sua loja;

2. Navegando pela sua loja virtual ele acaba escolhendo um produto;

3. Clica no botão comprar, ou adicionar ao carrinho. Assim que ele toma essa iniciativa, o resto do processo é realizado pelo intermediador de pagamento;

4. O cliente é redirecionado para o site de pagamento;

5. Realiza um cadastro ou apenas faz login se já possuir os seus dados em sua loja;

6. Seleciona logo em seguida sua forma de pagamento e depois finaliza.

Essa, é considerada pela grande maioria dos especialistas, a melhor opção para quem está apenas começando o seu negócio de vendas online. 

Agora veja alguns dos principais pontos positivos dessa forma de pagamento: Diferentes formas de pagamento; Analise antifraude feita pelo intermediador; Fácil acesso, painel de controle único; Segurança ao comprar; Sem taxas de adesão.

gateways de pagamento weblink

2. Gateways de pagamento

Os gateways de pagamento são, para explicar de uma forma mais simplificada, como aquelas máquinas de cartão para pagamento de uma loja de varejo!

Também é muito prático, veja as principais funcionalidades:

1.  O cliente acessa sua loja;

2. Escolhe o produto durante a navegação;

3. No pagamento ele seleciona a bandeira e preenche as informações para cartão de crédito;

4. O gateway se comunica com os sistemas Rede e Cielo, por exemplo;

5. Assim que o sistema recebe uma resposta positiva das operadoras de cartão, a compra é autorizada.

Os gateways de pagamento são a melhor opção de pagamento para quem já tem um fluxo considerável em seu e-commerce, ou seja, para aquelas lojas virtuais que estão com um crescimento de taxa de conversão.

Essa opção permite que você pague menos por cada compra finalizada. Sem dúvida é um método vantajoso, vejas as principais: Maior controle das transações realizadas; Pagamentos podem ser realizados com até dois cartões de crédito, o que é muito bom para o seu cliente; O cliente não precisa ser redirecionado para outro site para realizar o pagamento; Os bancos podem adiantar parte do valor que você ainda vai receber das suas vendas; Possibilidade de negociar a tarifação sobre as vendas.

Antes de escolher o seu gateway faça uma análise detalhada, principalmente com estudo para saber quantos acessos a sua loja tem por semana e por mês.

Depois de conseguir esses dados faça as contas de quantas taxas por finalização de venda você vai ter que pagar por mês.

3. Interação direta com o seu cliente

Este é o único caso onde não existe um intermediador para o processo de finalização e pagamento. Nessa opção a única taxa que você terá que pagar é a taxa das adquirentes, Rede e Cielo. Funciona da seguinte forma:

1. O cliente acessa a sua loja online;

2. Durante a navegação escolhe o produto ou serviço oferecido;

3. No processo de finalização, o pagamento vai ser realizado pela própria loja virtual.

A loja precisa verificar se o cartão possui limite para realizar a compra. Se você tiver tempo para conseguir investir nessa forma de pagamento (já que é preciso fazer a verificação de cada compra) você não vai ter que arcar com taxas de adesão e serviço. O único valor gasto será realmente o da administração do cartão.

É um método que também tem vantagens, pois: Não paga pela operação realizada por intermediadores nem taxas operacionais; Os bancos podem realizar um adiantamento do valor que você ainda tem para receber; Possibilidade de negociar a tarifação em cada compra finalizada; Equipe para gerenciar o processo de finalização de compra.

É válido você avaliar as suas necessidades e então decidir por qual método de gateway de pagamento que irá trazer mais benefícios para sua loja.

Conclusão

Você tem mais de uma forma para definir o pagamento da compra do seu cliente:
1. Os intermediadores de pagamento
2. Gateways de pagamento
3. Interação direta com o seu cliente

Porém é importante salientar que a terceira opção não é a mais recomendada, principalmente para quem está começando, porque exige experiência em loja virtual. Os dois outros sistemas para pagamentos são muito recomendados para quem esta começando ou para quem já tem sua loja online há algum tempo.

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/e-commerce/escolhendo-seus-gateways-de-pagamento/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *