06dez

A força da transformação digital no mundo do varejo online

Por: José M. dezembro 6, 2017

O impacto da transformação digital no varejo online pode ser comparado ao que o comércio eletrônico trouxe ao varejo tradicional assim que começou a se popularizar, em meados da década de 90.

A possibilidade de comprar produtos pela internet gerou um desafio aos estabelecimentos convencionais, exigindo que eles se adaptassem ao cenário virtual. Da mesma forma, as últimas novidades do varejo online (como o SaaS, a IoT, Cloud, Big Data…) criam novas demandas e mostram, por sua vez, a força da transformação digital.

Os que entenderam o recado da TD já perceberam que as novas tecnologias no ramo caminharão sempre para uma melhora na experiência do consumidor. Por isso, esses visionários não resistem às mudanças, mas adaptam-se a elas. Vamos analisar, então, a evolução do comércio eletrônico.

O varejo online com a transformação digital

Transformações marcantes fizeram com que o e-commerce ganhasse novas configurações. Pesquisas feitas no início de 2016 mostraram um crescimento do setor, no Brasil, de 20% nos três anos anteriores. Aliado a essa expansão está o uso de tecnologias inovadoras para aumentar cada vez mais o faturamento nas vendas. Graças a recursos que associam as expectativas do consumidor ao que a marca oferece, o relacionamento com clientes está em evolução constante. Falaremos, a seguir, sobre os principais agentes de mudança no varejo online em meio à transformação digital.

Hospedagem de sites

E o papel de um serviço de uma empresa de hospedagem de sites nessa expansão é demasiadamente importante. Para ter um e-commerce de qualidade, você precisa contratar também uma empresa de hospedagem de sites de qualidade. Que vai te ajudar no SEO, aumentando o posicionamento do seu site no Google. Além de outros benefícios que somente uma empresa de hospedagem de sites pode te dar, como certificado SSL, que garante a segurança dos usuários, e servidores rápidos, que vão dar aos seus clientes uma experiência agradável ao navegar na sua página.

Existem inúmeras empresas que fazem esse tipo de serviço, porém, com qualidade, são poucas, como a WebLink, que é reconhecida no mercado de hospedagem de sites como uma empresa excepcional no serviço que faz.

Inteligência artificial

Seria um desperdício falar de transformação digital sem citar a inteligência artificial. Ela que, em 2001, era considerada pelo senso comum um delírio de filme de ficção científica (como em A.I., de Steven Spielberg), agora, em 2017, já está inserida em muitas funções rotineiras, como no caso do uso em salas de aula.

Pensando no comércio eletrônico, a inteligência artificial trouxe uma sofisticação maior aos sistemas de relacionamento e atendimento ao cliente, analisando dados gerados pelas pessoas (para descobrir suas preferências) e, até mesmo, interagindo com elas por meio de chatbots.

A tendência é que a IA seja incorporada ao processo cada vez mais, oferecendo a usuários e consumidores de diversos serviços um conhecimento profundo acerca de qualquer coisa que necessitem.

Realidade virtual e realidade aumentada

A fim de disponibilizar uma interação mais completa na compra online, recursos como a realidade virtual e a realidade aumentada têm um grande potencial de crescimento e são apostas de empresas como Apple e Microsoft.

Nos setores de cosméticos e decoração, por exemplo, já existem simuladores capazes de transformar a experiência do usuário, criando situações próximas da realidade. A IKEA, por exemplo, já lançou uma solução para que seus consumidores possam testar novos móveis em casa antes mesmo de comprá-los.

https://www.youtube.com/watch?v=vDNzTasuYEw

À medida que essas funções vão sendo aderidas, a expectativa para um futuro não muito distante é de que os varejistas adotem, de uma vez por todas, essa mudança e ofereçam um contato entre o mundo real e o virtual ainda mais próximo.

Internet das Coisas

Tecnologias como Big Data, Analytics, Cloud e plataformas sociais permitem que a Internet das Coisas se expanda no varejo online, conectando objetos a canais de acesso para que os consumidores adquiram produtos de maneira mais facilitada.

Olhando para a evolução do e-commerce, é possível observar um aumento gradativo da flexibilidade desse setor, assim como da importância da onipresença nesse contexto. Portanto, espera-se, cada vez mais, uma interação capaz de otimizar diferentes funções e criar uma experiência integrada, alinhada com as demandas do consumidor para o varejo.

weblink-internet

Um olhar diferenciado para a experiência do cliente

A essência de toda a Transformação Digital no varejo online é, obrigatoriamente, a melhora constante da experiência do cliente ou usuário. Na TD, todos os caminhos levam a isso.

Assim sendo, os desafios envolvidos com o comércio eletrônico são guiados sempre pela percepção dos consumidores, assim como pela necessidade que eles demonstrem a partir da interação com os canais da marca.

Isso quer dizer que os dados gerados por meio desse contato não podem ser desperdiçados, pois são justamente eles que movem a transformação e fornecem insights valiosos (que, mais tarde, se tornarão um recurso ou função nova). Se você é um grande representante da indústria ou apenas um pequeno empresário, hoje, com a tecnologia disruptiva, isso não é o mais importante.

O comércio de varejo online pode esperar, para o futuro, uma concorrência cada vez mais fluída. Isso (como quase tudo no mercado) é positivo, mas, por outro lado, acaba lançando um novo desafio: estabelecer relações duradouras em meio a essa fluidez.

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/e-commerce/transformacao-digital-no-varejo-online/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *