05dez

Uptime: por que o tempo de atividade do servidor é importante

Por: José M. dezembro 5, 2017

Uma das maiores preocupações ao contratar um serviço de hospedagem de sites é se o serviço terá qualidade o suficiente para manter seu site no ar o máximo de tempo possível. E, para ter essa tranquilidade, é importante ficar atento à garantia de uptime oferecida pela prestadora do serviço.

O uptime é extremamente importante para medir a qualidade de um site, mas para que seu site opere bem e contribua para o maior tempo possível disponível, existem alguns outros pontos a serem ponderados, como:

  • linguagens de programação suportadas,
  • espaço liberado em disco,
  • link de internet,
  • capacidade de acesso suportada pelos servidores.

Para começar a entender a atividade do seu site, vamos apresentar a você o que é o uptime, sua importância para um site e o que se deve esperar dos serviços oferecidos pelas empresas de hospedagem de sites.

O que é o uptime?

Uptime, do inglês, literalmente, significa “tempo de pé”, aplicando este termo à tecnologia dos sites, refere-se à disponibilidade. Sendo assim, o uptime é o tempo de disponibilidade do servidor de hospedagem  de sites contratado. Uma curiosidade: o tempo que o servidor está indisponível é denominado como “downtime”.

Por que contar com a garantia de uptime é tão importante?

É claro que você quer seu site sempre disponível quando alguém tentar acessá-lo, mas muitas pessoas não entendem o motivo pelo qual as empresas usam tanto a garantia de uptime como divulgação de um serviço de hospedagem de sites.

Os provedores de hospedagem de sites tentam conquistar novos clientes oferecendo a garantia de uptime como recurso essencial para a qualidade do site hospedado. De fato, o seu site precisa estar online, no mínimo, 99% do tempo. Logo, a seguir, listamos para você as principais vantagens de ter um site sempre disponível.

Posicionamento no Google

Para ranquear um site, o Google leva em consideração muitos fatores, entre eles a experiência do usuário nas páginas de destino e o funcionamento do site. Se o seu site sofre quedas com frequência e passa constantemente por períodos de indisponibilidade, provavelmente, seu posicionamento será drasticamente afetado. Logo, suas chances de aparecer nos resultados de pesquisa diminuem.

Presença na Internet

Se você busca reconhecimento de marca ou se tornar referência em determinado conteúdo, preocupe-se com a atividade do seu site. Você não conquistará muitos acessos nem se tornará referência para os visitantes se oferecer um site de baixa qualidade.

Vendas na Internet

A Internet se tornou um grande canal de vendas para empresas de diversos segmentos de atuação, e para que sua empresa não perca chances de gerar novos negócios é imprescindível que seu site esteja sempre disponível.

Imagine um cliente ter interesse em visitar seu site para conhecer mais sobre o produto ou serviço oferecido, ou até mesmo realizar uma compra, e não conseguir porque o site está fora do ar. Além de perder a venda, dificilmente o usuário voltará a procurar pelo seu site. E por falar em vendas, não deixe de ver nosso artigo sobre como ganhar dinheiro na Internet com seu blog.

Expansão do seu negócio na Internet

Para sua empresa ganhar espaço no mundo digital e aumentar as vendas pela Internet, é importante que seu site seja otimizado. Afinal, para expandir seu negócio é necessário atingir os preceitos básicos de qualidade para cativar o cliente e conquistar bom posicionamento nos buscadores.

Um site que segue as otimizações recomendadas de programação e UX (User Experience), dificilmente apresentará travamento. Ou seja, se o site for bem estruturado, a responsabilidade por seu site se manter online será da empresa provedora do serviço.

uptime-weblink

Agora que sei o que é Uptime, como posso mensurá-lo?

Você deve estar se perguntando como é possível mensurar quanto tempo seu site fica disponível e se realmente há garantia de uptime.

Bom, é comum as pessoas contabilizarem tempo em horas, mas no caso da unidade de medida que representa o uptime é bastante comum se deparar com hospedagens que divulgam a seguinte chamada: “garantia de uptime de 99%”, referindo-se ao período de 1 ano, que é o tempo que os provedores de hospedagem de sites garantem que o servidor do site ficará online.

Sabendo que um ano não bissexto tem 8544 horas e aplicando uma simples regra de três: (8544 * 99) / 100 = 85.44, podemos considerar que no período de um ano o servidor pode ficar fora do ar não mais que 85 horas.

Obviamente, tudo isso deve estar previsto em contrato previamente assinado com a empresa provedora de hospedagem de sites, para assim, assegurar ambos os lados da contratação. Além de oferecer mais tranquilidade ao contratante.

É possível obter 100% de uptime?

Você provavelmente conhece a Amazon, uma das gigantes do mundo digital. A Amazon possui um serviço chamado AWS, que nada mais é que a disponibilização de vários serviços que são utilizados por um site ou aplicação, estando em nuvem ou não. Sabendo disso, a Amazon declara que seu Uptime é em torno de 99,1 à 99,9% e só para tornar isso mais interessante, a empresa está entre as mais requisitadas provedoras de hospedagem de sites do mundo.

Obviamente, seu servidor na Amazon seria um servidor compartilhado – o que em tese pode chegar a 100% de uptime, pelo fato de serem máquinas virtuais – e caso uma caia outra pode substituí-la facilmente. Mas imprevistos ocorrem e, como ocorreu recentemente, a Amazon sofreu de uma pane que ocasionou a queda de alguns sites durante horas, outros ficaram fora do ar por mais de 24 horas.

Para provar que isso é um problema comum e pode afetar até mesmo os grandes players de mercado, vez ou outra aparecem notícias pela Internet de que Facebook, Google, Whatsapp, entre outros ficaram fora do ar por alguns instantes.

Você está dizendo que minha hospedagem irá ficar fora do ar durante 85 horas todo ano?

Na verdade não. Ela pode ficar até 85 horas fora do ar durante o ano, mas isso não significa que isso irá acontecer, pode ser que ela não fique fora do ar nenhuma vez inclusive. Esses números são calculados com base em muitos estudos e conhecimentos, tanto matemático quanto em estrutura de servidores.

Outra questão é a de que não são 85 horas contínuas. Esse cálculo engloba horas fragmentadas que se somadas podem chegar até 85 horas ao longo do ano. Lembrando que está quantidade de horas diz respeito ao “aceitável” para um site de qualidade.

velocidade-weblink

O que fazer se o downtime exceder o acordado?

Se o período indisponível do seu site exceder o downtime previsto, primeiramente, você precisa exigir o contrato assinado da prestadora de serviços fornecedora da hospedagem de sites, pois somente com ele (caso necessário) é possível fazer alguma cobrança de forma jurídica à empresa.

No contrato, geralmente, vem declarado qual o valor de uptime que a empresa garante e como será feito o ressarcimento ao cliente caso ocorra algum problema. Atente-se bem a esta e outras cláusulas antes de assinar o contrato para que todos estejam de acordo e ninguém seja lesado injustamente.

Afinal, você não quer perder acessos e, muito menos, gerar insatisfação ou desistência dos visitantes do seu site por estar offline.

Como monitorar o uptime da minha hospedagem de sites?

Para saber se está tudo indo bem com seu site é importante realizar um monitoramento constante. Atualmente, no mercado, existem aplicações que fazem monitoramento geral do seu servidor de hospedagem, como é o caso do New Relic.

O New Relic é uma ferramenta que, além de informar tudo que sua aplicação faz dentro do servidor também informa como os usuários interagem com a aplicação. A ferramenta também apresenta informações sobre o sistema operacional e hardware, incluindo informações detalhadas e os motivos de downtime.

Porém, na maioria dos casos, a própria empresa de hospedagem de sites disponibiliza essas informações, deixando estes dados facilmente ao alcance do contratante. Sendo assim, antes de contratar avalie a empresa de hospedagem de sites de seu interesse para confirmar a disponibilidade deste serviço. É interessante optar por uma empresa que ofereça um serviço mais completo, com recursos importantes, como esse, já inclusos, facilitando assim o gerenciamento do seu site.

velocidade-uptime-weblink

Conclusão

Em resumo, o uptime é extremamente importante e por isso é necessário observar os percentuais de disponibilidade garantidos e as cláusulas contratuais. E para estar assegurado disso é essencial contar com uma boa empresa de hospedagem de sites. A Weblink, por exemplo, oferece um serviço de hospedagem completo, com recursos adicionais que podem garantir a disponibilidade do seu site e um melhor gerenciamento.

Antes de realizar a contratação do serviço de hospedagem de site, avalie o suporte oferecido, veja como será o atendimento em casos de emergência, entenda as ferramentas utilizadas, pesquise sobre o servidor oferecido, se é dedicado ou se suportará a quantidade de acessos do seu site.

Então, agora que você já sabe o que é uptime e como funciona a atividade do seu site, você pode contatar a Weblink para conhecer os planos oferecidos. E não deixe de acompanhar em nosso blog dicas de otimização de sites para você saber como conseguir vender mais com seu blog ou site na Internet.

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/hospedagem-de-sites/uptime-e-hospedagem-de-sites-importancia/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *