25out
aprenda como migrar site de uma hospedagem para outra

Quando e Como Migrar Um Site de Uma Hospedagem para Outra

Por: Andrei L. outubro 25, 2018

Não há nada mais frustrante do que contratar um serviço de hospedagem de sites e ele não funcionar como o esperado. Seja por falta de recursos ou por um suporte que demora a responder, é bem possível que você queira mudar de provedor.

Neste artigo, você vai aprender a Como Migrar Site de Uma Hospedagem para Outra. Ao longo do conteúdo, você vai ver quais cuidados precisa ter para fazer uma migração de sites para uma nova provedora de hospedagem e como conseguir fazer isso de forma gratuita.   

O que é migração de hospedagem de sites?

A migração de hospedagem é a transferência dos dados do seu site para um outro provedor. A etapa mais complicada e demorada da migração da hospedagem é a mudança de todo conteúdo do site para a nova hospedagem.

De forma mais simples e didática, a migração é similar a uma mudança de casa. O primeiro passo é encontrar uma nova casa (um novo provedor). Depois, mudar todos os móveis e colocá-los em seus devidos lugares (os móveis são os dados e os arquivos do seu site).

O que saber antes de fazer a migração de sites?

Antes de pensar em fazer uma migração de sites para uma nova hospedagem, você precisa tomar alguns cuidados. Afinal, você vai querer seu site esteja completo, com todo o conteúdo, os arquivos e o banco de dados da hospedagem anterior na nova empresa.

  1. Faça um Backup. Tarefa essencial não somente para migrar site de uma hospedagem para outra, mas também com qualquer serviço digital. Isso evita falhas e perdas de conteúdos e arquivos.
  2. Linguagem de Programação compatível. Na etapa de migração, a linguagem de programação determina qual o tipo de hospedagem de sites mais adequado. O próprio provedor saberá identificar qual a mais indicada para seu negócio.
  3. Alteração de DNS. O DNS do seu domínio antes da migração de site será redirecionado para o novo provedor. Não se preocupe, pois isso não vai inviabilizar o seu serviço. A alteração de DNS acontece com qualquer tipo de extensão de domínio.
  4. Possíveis incompatibilidades. Assim que realizar a migração de sites para uma nova hospedagem, é possível que surjam incompatibilidades. Como a de CMS (O WordPress, por exemplo), que pode ter alguma instabilidade por conta de plugins ou qualquer outra funcionalidade. A sua nova provedora de hospedagem pode ajudar você a consertar estes contratempos.
  5. Cancelamento do provedor antigo. Assim que tiver realizado a migração de sites para outra hospedagem, você precisa cancelar o serviço com o provedor antigo. Feito isso, sua nova hospedagem já vai estar configurada e pronta para ser usada.

Como migrar site de uma hospedagem para outra?

Migrar site de uma hospedagem para outra exige uma série de conhecimentos técnicos. Por conta disso, as provedoras de hospedagem de sites costumam oferecer serviços de migração de site para seus usuários.

Seja você pouco experiente com programação ou até um especialista no assunto, você pode fazer a migração de sites para uma outra hospedagem sem qualquer preocupação. A própria empresa realiza todo o processo para você. E na WebLink, por exemplo, não existe qualquer custo extra para o usuário.  

A WebLink disponibiliza a migração de sites gratuita para todos os usuários. Preencha o formulário básico de contato e faça o seu pedido de migração. Aguarde o contato da equipe técnica para completar todas as etapas.

botão quero migrar meu site para weblink

À medida que os processos forem sendo realizado pelos agentes, a estrutura de seu site ficará hospedada na nova empresa. Ao término da migração de sites, do banco de dados e de todos os arquivos, será feito um apontamento de DNS do seu domínio para a nova provedora. A propagação do DNS pode levar até 24h.

Quais dados você precisa para migrar seu site?

No processo de migração de sites, você vai precisar precisar preencher um formulário de migração. É a forma que você tem para pedir a realização do serviço para a sua nova provedora de hospedagem de sites.

Os dados que você vai precisar preencher no formulário são:

  • Nome;
  • Email da sua conta;
  • Telefone de contato;
  • Domínio para o qual será transferido;
  • Informações de acesso do provedor anterior à migração;
  • Nome de usuário;
  • Senha;
  • Sistema de hospedagem utilizado
  • Aceitar os termos da política de migração.  

Por que migrar seu site para uma nova hospedagem?

Imagine a seguinte situação: você se planejou por meses para começar um projeto na internet. Encontrou uma empresa de hospedagem de sites, contratou um serviço e, na hora que você mais pŕecisa que tudo funcione, você mais se decepciona do que consegue trabalhar.

Estar insatisfeito com qualquer serviço é um dos gatilhos para se pensar em possíveis alternativas. Com um serviço de hospedagem não é diferente. Vários são os motivos que levam um usuário querer fazer a migração de sites para outra provedora. Se você se encaixa em qualquer uma das razões abaixo, considere fazer a migração de hospedagem de sites.

Serviço precários

Alguns provedores fazem promessas milagrosas oferecem serviços de hospedagem de sites com muitos recursos e estabilidade a todo momento. Em alguns casos, isso nada mais é do que uma estratégia para conseguir muitos clientes.

Obviamente, isso acaba refletindo na qualidade do serviço como um todo, que fica prejudicado no atendimento aos novos usuários e a um suporte técnico incapaz de ajudar quem mais preciso.  

Quanto mais clientes um provedor tiver, mais suscetível ele está a problemas para enfrentar e resolver. A demanda de recursos, a escala dos projetos que tendem a crescer e a baixa disponibilidade de agentes especializados pode impactar negativamente todo o serviço.

Instabilidade e Lentidão

Por algum motivo inesperado, pode ser que o desempenho do seu site esteja sendo prejudicado. Instabilidade e lentidão nos acessos são algumas das coisas que podem acontecer. E, se isso realmente acontecer, seus visitantes podem ficar muito frustrados e nem voltar mais a acessar seu site. E você não quer isso, certo?

Por isso, você deve avaliar os recursos que a provedora de hospedagem oferece. Certifique-se de que, entre as funcionalidades, esteja a garantia de um uptime de pelo menos 99,5%, para ter certeza que seu site vai ficar online 24 horas por dia.

Além disso, veja se o pacote contratado é coerente com quanto o seu projeto na internet vai demandar de tráfego. Não só isso, de espaço em disco, capacidade de processamento, número de contas de emails e assim por diante.

Estude uma prévia do quanto o seu site pode crescer com o tempo e escolha o plano de hospedagem de sites que mais se adequa a ele. E, se precisar de mais recursos, você sempre pode fazer um upgrade mais para frente.

Preço incompatível

Uma das coisas mais frustrantes para um consumidor é investir em algo e achar que o serviço contratado não está correspondendo ao que foi pago. No caso de um plano de hospedagem, o usuário pode perceber que o valor não está compensando a qualidade do serviço prestado.

É possível negociar o preço com o provedor, o que pode dar certo ou não. Em alguns casos, o próprio provedor sugere a troca do plano para um com mais recursos e qualidade, o que gera mais gastos.

Isso é muito comum no mercado, pois a maioria das empresas não costuma praticar valores flexíveis. E, com o passar do tempo, outras ofertas mais interessantes podem surgir, tornando a migração de sites inevitável.

Suporte técnico ineficiente

Lá está você usando o seu serviço de hospedagem de sites pela primeira vez. É bastante comum ter uma série de dúvidas sobre recursos, funcionalidades, botões e como realizar certas ações. Por exemplo, como registrar um domínio.  

Para sanar essas dúvidas, você precisa de alguma informação e precisa contatar o suporte técnico da sua provedora de hospedagem. Já pensou seu site ficar fora do ar por vários dias e não ter suporte para ajudar na hora que você mais precisa do seu provedor?

Conclusão

Se o seu provedor atual não tem mais atendido às suas expectativas e o seu projeto online parece estar desandando, você não precisa ficar preso a ele. A melhor solução é procurar alguma alternativa mais confiável.

Acredite, migrar site de uma hospedagem para outra não é difícil. E, com a WebLink, além de você não ter qualquer trabalho com a migração, realizamos todo o processo para você, sem custos adicionais.

Vamos trocar uma ideia? Deixe uma mensagem para a gente nos comentários abaixo. Responderemos logo em seguida! 😉

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/migrar-site-de-uma-hospedagem-para-outra/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *