25mar
aprenda o que é http e como corrigir erros comuns

O Que é HTTP? Conheça os Principais Códigos de Erros HTTP

Por: Andrei L. março 25, 2019

HTTP é um protocolo de rede de visualização de conteúdos na internet. É este protocolo que faz a conexão entre o servidor que hospeda os dados dos conteúdos e o navegador que o usuário tem instalado no computador.  

Quando um usuário faz um pedido de acesso a uma página, o protocolo HTTP é acionado, pegando os dados da página requisitada diretamente no servidor.

Na sequência, ele exibe todas essas informações através de um navegador. É assim que o usuário vê e interage com conteúdos carregados em páginas de internet.

DICA: Além do HTTP, existe uma diversidade de protocolos de internet! Conheça outros Protocolos de Rede e veja como você é impactado por eles no seu dia a dia.

O Que Significa HTTP?

HTTP é a sigla para Hypertext Transfer Protocol, que significa Protocolo de Transferência de Hipertexto.

O protocolo HTTP também é entendido como a resposta que os servidores mandam para os navegadores quando alguém quer acessar um site.

Nesse meio termo, é possível que haja algum tipo de problema nas respostas, afetando o carregamento de uma página.

E, quando isso acontece, é comum aparecerem códigos de erros. É aqui que surgem os conhecidos Erros HTTP (HTTP Error).

Esses códigos denunciam o status das páginas e dão indicações do que pode estar acontecendo de errado com elas.

Sabendo qual a origem do código e o que pode estar causando os erros de HTTP, o usuário consegue buscar soluções de corrigir esses problemas.

Isso pode ser feito por ferramentas, plugins e até mesmo acessando bancos de dados de sites. Mais adiante, você vai conhecer alguns deles e o que fazer para solucionar.

Mas e o HTTPS?

HTTPS é a sigla para Hipertext Transfer Protocol Secure, que significa Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro.

Ele funciona da mesma maneira que o HTTP. Porém, a diferença está na letra “S” da sigla, que se refere ao SSL (Secure Sockets Layer).

O SSL é um Certificado de Segurança que, através da tecnologia de criptografia, confere uma camada extra de proteção ao site visitado.

Algo que transmite bem mais segurança e credibilidade para quem acessa. Principalmente para sites que trabalham diretamente com dados particulares de usuários.

É o caso de lojas virtuais que têm cadastros de contas, registros de email, endereços,  campos de informações de cartões de crédito e assim por diante.

DICA: A contratação anual do Plano Ouro da Hospedagem de Sites da WebLink conta com SSL gratuito. Assim, você já garante sua presença online se protegendo das ameaças da internet.

Categorias de Códigos HTTP

Códigos HTTP são gerados a todo momento durante a navegação pela internet. Abaixo, você confere as cinco categorias em que eles se subdividem e que tipos de informações iniciais eles mostram.

  • 1XXInformativo. O pedido de acesso a uma página foi aceito e o desenvolvimento do processo continua em andamento.
  • 2XX Confirmação. Uma ação, como o pedido de acesso a uma página, foi entendida ou terminada.
  • 3XXRedirecionamento. Indica que uma ação extra precisa ser executada para que o pedido de acesso possa ser concluído.
  • 4XXErro no Cliente. A solicitação do cliente para acessar uma página na internet pelo servidor não pode ser realizada.
  • 5XXErro no Servidor. O servidor que contém os dados não foi capaz de atender ao pedido de acesso a uma página, causando uma falha momentânea.

Listagem de Códigos de Status HTTP

Abaixo está uma relação de códigos de status HTTP que costumam acontecer durante a experiência de navegação do usuário pela internet. A listagem é baseada numa relação do W3.

NÚMERO DO CÓDIGO DO STATUS HTTP MENSAGEM (EM INGLÊS)
DO CÓDIGO HTTP
SIGNIFICADO DO
CÓDIGO HTTP
100 Continue Continua
101 Switching Protocols Mudando Protocolos
102 Processing Processando
200 Ok Ok
201 Created Criado / Gerado
202 Accepted Aceito
203 Non-Authoritative Information Informação Não-Autoritária
204 No Content Sem Conteúdo
205 Reset Content Reiniciar Conteúdo
206 Partial Content Conteúdo Parcial
300 Multiple Choices Múltipla Escolha
301 Moved Permanently Redirecionado / Movido Permanentemente
302 Found Encontrado
303 See Other Veja Outros
304 Not Modified Não Modificado
305 Use Proxy Usar Proxy
306 Proxy Switch Troca de Proxy
400 Bad Request Pedido / Solicitação Inválida
401 Unauthorized Não autorizado
402 Payment Required Pagamento Exigido
403 Forbidden Proibido / Desconhecido
404 Not Found Não Encontrado
405 Method Not Allowed Método Não Permitido
406 Not Acceptable Não Aceito
407 Proxy Authentication Required Autenticação de Proxy Necessária / Exigida
408 Request Time-Out Tempo de Solicitação Esgotado
409 Conflict Conflito
410 Gone Perdido
411 Lenght Required Duração Necessária / Exigida
412 Precondition Failed Falha de Pré-condição
413 Request Entity Too Large Solicitação da Entidade Muito Extensa
414 Request URL Too Large Solicitação de URL Muito Extensa / Longa
415 Unsupported Media Type Tipo de Mídia Não Suportado / Incompatível
416 Request Range Not Satisfiable Solicitação de Faixa Insatisfatória
417 Expectation Failed Falha na Expectativa / Espera
500 Internal Server Error Erro de Servidor Interno
501 Not Implemented Não Implementado
502 Bad Gateway Porta de Entrada Ruim
503 Service Unavailable Serviço Indisponível
504 Gateway Time-out Tempo Limite da Porta de Entrada
505 HTTP Version Not Supported Versão do HTTP Não Suportada

principais códigos de erro http para conhecer e saber como resolver
Os Principais Códigos de Erro HTTP

Como você viu nas categorias de códigos HTTP,  os Erros de HTTP começam sempre com o número 4 ou 5.

Eles indicam, respectivamente, falha do cliente (número 4), ou seja, do computador que acessar uma página, e do servidor (número 5) do site que se deseja acessar.  

Abaixo, fique com alguns dos principais códigos de Erro HTTP.  Conhecendo a origem do problema e o que ele significa, você pode consegue desempenhar ações para resolvê-los.

Erro HTTP 403

O Erro HTTP 403 significa que o servidor entendeu o pedido de acesso a uma página, mas o navegador não tem permissão para acessá-la.

A mensagem que aparece na tela do usuário é Proibido – Você Não Tem Permissão Para Acessar Este Servidor (Forbidden – You Don’t Have Permission to Access On This Server).

Alguns dos motivos que causam este erro são:

  • Arquivos ou pastas sem permissão geral de acesso.
  • Scripts de páginas estão com códigos HTML incorretos ou danificados.

Para corrigir o Erro 403, você pode:

  1. Desativar os plugins usados no seu site. Se o erro sumir, significa que um plugin estava causando o problema. Depois, vá reativando um a um, sempre testando o acesso à página a cada vez que fizer isso, até encontrar o plugin problemático.  voltar a aparecer, você tem uma ideia de qual deles estava causando o erro.
  2. Pelo painel do seu serviço de hospedagem, acesse Gerenciador de Arquivos e, então, localize o arquivo .htaccess. Se este arquivo estiver corrompido, você terá que apagá-lo (faça backups dele antes) e, então, criar um novo.
  3. Altere as permissões de acesso a pastas e arquivos do seu site. Isso também é feito pelo painel de controle da sua hospedagem, também pelo Gerenciador de Arquivos. Se preferir, você também pode usar um cliente FTP, como o Filezilla.  

Erro HTTP 404

O Erro 404 significa que a URL digitada no navegador para acessar uma página, a princípio, não foi encontrada.

A mensagem que aparece na tela do usuário é Não Encontrado (Not Found).

Alguns dos motivos causam este erro são:

  • URL digitada incorretamente no navegador.
  • A URL não encontrada, podendo ter sido alterada em algum momento.
  • URL não existe mais, numa situação em que um site foi descontinuado.

Para resolver o Erro 404, considerando que um site ainda exista, você pode:

  1. Fazer um redirecionamento 301 da URL antiga para a nova URL acessível.
  2. Se estiver trabalhando com WordPress, você pode redefinir as opções de Links Permanentes.
  3. Também no WordPress, desabilite todos plugins e temas e vá ativando um a um aos poucos para ver qual deles pode estar causando o erro.

Erro HTTP 500

Menos comum do que os outros, o Erro 500 aparece quando existe algum tipo de incompatibilidade em algum site. E isso pode ser no script da página ou no pedido de acesso ao servidor em que ela está hospedada.

A mensagem que aparece na tela do usuário é Erro de Servidor Interno (Internal Server Error). 

Algumas das causas para o Erro 500 são:

  • Permissões restritas em grupos de usuários.
  • Alto consumo dos recursos do servidor.
  • Plugins e temas incompatíveis ou desatualizados.
  • Versão do PHP desatualizada.

Para corrigir o Erro 500, você pode:

  1. Aumentar o limite do PHP para que todo o sistema consiga manter o desempenho de acordo com as demandas do site e do usuário.
  2. Alterar as permissões de acesso pelo Gerenciador de Arquivos no painel do serviço de hospedagem.
  3. Desativar ou apagar temas e plugins, considerando que você pode ir testando um por um, reativando-os em sequência, para verificar qual deles está causando o problema.   
  4. Usar um backup para recuperar uma versão anterior do site sem o problema, em que a restauração apaga os arquivos mais recentes e também os danificados.

Erro HTTP 503

O Erro HTTP 503 surge quando alguma opção de uma página na internet não está disponível para acesso. Pode ser uma página de produtos, um blog, um fórum e até uma seção de F.A.Qs.

A mensagem que surge na tela do usuário é Serviço Indisponível (Service Unavailable).

O Erro 503 pode acontecer por:

  • Script do PHP com problemas de códigos.
  • Servidor com desempenho comprometido por conta de recursos insuficientes.
  • Plugins e temas do WordPress defeituosos.
  • Ataques maliciosos, como DDoS.

Para corrigir o Erro 503, você pode:

  1. Desativar todos os temas e plugnis e, com isso, ir testando um a um na reativação para identificar qual deles pode estar causando o problema.
  2. Aumentar os recursos do servidor para ter mais desempenho geral – você consegue isso fazendo um upgrade de plano com a sua provedora de hospedagem.
  3. Reforce a segurança do seu computador e da sua internet com programas do tipo anti-vírus e anti-malwares, além de atualizar todos os drivers, o Windows e sempre manter o Firewall ativado.

Resumo – O Que é HTTP?

Você acabou de aprender que HTTP é um protocolo de comunicação entre um servidor que hospeda os conteúdos de um site e um navegador.

Quando essas duas partes fazem uma ligação no processo de troca de informações, o usuário consegue visualizar a página requisitada na internet.

Além disso, você também conferiu uma listagem de códigos de HTTP e alguns dos principais erros.

Agora, quando estiver navegando pela web, você terá uma noção melhor do que cada código significa E, em caso de problemas, você já sabe o que significam e o que deve fazer para corrigi-los.

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/o-que-e-http-codigos-erros-http/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *