14maio
vps windows na weblink

Tire todas as suas dúvidas sobre o VPS Windows

Por: Rafael H. maio 14, 2017

Se você está utilizando os serviços na internet há algum tempo, provavelmente já ouviu falar da hospedagem VPS. Mas se você ainda não está por dentro dessa tecnologia, convidamos você a compreender o que quer dizer exatamente o que é um VPS Linux e um VPS Windows. Primeiramente, esta sigla significa Virtual Private Server (servidor privado virtual).

Os servidores VPS Windows são utilizados em aplicações que utilizam linguagens:

  • ASP clássico
  • ASP.NET
  • MSSQL (Microsoft SQL Server)
  • MS Access (Microsoft Access)
  • Desenvolvimento Visual Basic
  • C #

A vantagem desse tipo de hospedagem é que permite um acesso como perfil de administrador (root) para quem a contrata. Ele é um método de interligar um servidor físico, o qual é particionado em diversos servidores onde cada um atua como se fosse um servidor dedicado. Cada servidor virtual desse tipo tem um sistema operacional independente dos outros que também estão alocados dentro do mesmo servidor físico e quando necessário é administrado de forma completamente independente.

A escolha por uma hospedagem VPS acontece pois muitos programadores e desenvolvedores realizam frequentes alterações em seus códigos e também em configurações do próprio host, dessa forma necessitam de um acesso privilegiado, o que é possível com o perfil de administrador.

Majoritariamente a VPS é rodada em Linux ou Windows. O VPS Windows é uma solução para obter sobre sua hospedagem e muitas vezes será uma espécie de passo a ser dado após utilizar uma hospedagem comum e antes de utilizar um serviço completamente dedicado.

Quando está iniciando este tipo de pesquisa para qual tipo de hospedagem utilizar, você vai se deparar também com a hospedagem compartilhada. Mas qual deve utilizar?

Hospedagem Compartilhada x VPS

O VPS Windows oferece grandes vantagens sobre a hospedagem compartilhada, dentre elas está a escalabilidade sistêmica: você pode fazer a qualquer momento um upgrade dos recursos do seu VPS, aumentando recursos como memória ou disco rígido, enquanto na hospedagem compartilhada o servidor é mais limitado e possui todos os recursos divididos com outros usuários.

No caso do VPS, tanto para Windows como para Linux, os recursos não são compartilhados com nenhum outro cliente, pois você é o administrador e possui total autonomia sobre o sistema e seus recursos. Dessa forma, você ganha em desempenho e segurança dos dados. Já na hospedagem compartilhada isso não é possível.

Por que escolher um VPS Windows?

A principal vantagem da VPS Windows é a sua interface gráfica que conta com a mesma “cara” do sistema operacional mais usado no mundo todo: o Windows.

Facilidade de uso

Como já mencionamos, o Windows é o sistema operacional mais utilizado no Brasil e no mundo. Sendo assim, grande parte dos usuários já está mais familiarizada com esse sistema. Isso faz do VPS Windows uma ótima opção por sua simplicidade e familiaridade de uso já que há uma grande semelhança entre o uso/interface do Windows Server com o Windows Desktop.

Maior compatibilidade com softwares

O VPS Windows conta com o sistema operacional mais comum, pois a maioria dos softwares é pensada para ser utilizada em sua plataforma. Graças a essa popularidade, a compatibilidade entre o sistema operacional e o software é melhor.

Tipo de servidor muito utilizado do mercado

Empresas, freelancers e usuários em geral geralmente possuem facilidade com o sistema Windows. Essa familiaridade pode baratear a terceirização da administração de seu VPS. Da mesma forma, até mesmo usuários menos experientes podem controlar um VPS Windows.

VPS Windows x VPS Linux

A principal diferença entre o servidor VPS Windows e o Linux é que as duas são plataformas com sistema operacionais bem distintos. Enquanto os servidores Windows rodam uma versão do IIS (abreviação de Internet Information Services), os servidores Linux normalmente estão configurados com o servidor Apache e podem rodar uma das diversas contribuições que existem para este sistema operacional.

Vale a pena ressaltar que hoje o Linux é o sistema operacional mais utilizado no mundo e encontrado em quase todos os lugares, de sites para dispositivos Android, roteadores WiFi e até mesmo em eletrodomésticos. Já no sistema Windows, eles operam somente numa tecnologia exclusiva da Microsoft, como a .NET. No Brasil, esse sistema é muito comum também.

Caso seja um site que não utilize linguagens de programação no servidor e contenha apenas HTML e CSS, por exemplo, qualquer uma das plataformas poderão se adequar a essas linguagens.

windows vps windows server

O que considerar antes de contratar uma VPS?

  • Procure um provedor de fácil acesso (comunicação), que possua experiência comprovada e clientes já utilizando o servidor VPS. Troque ideias e veja se estão atendendo os outros usuários como você gostaria de ser atendido.
  • Verifique se a solução de VPS do seu host é flexível e permite a personalização do hardware. Dessa forma, você poderá identificar os diferentes tipos de planos que existem no mercado e escolher o que mais vai se encaixar nos seus requisitos.
  • Evite os hosts que oferecem apenas planos pré-formatados, pois caso você precise de futuras atualizações no servidor não será possível, e só criará problemas para mudar de host numa altura em que você estiver com um site grande. Cada cliente possui necessidades diferentes, como velocidades melhores de CPU, maior capacidade de armazenamento, largura de banda ou memória RAM, nunca se sabe.
  • Também verifique se o host que contratar possui upgrade desvinculado do plano principal. Por exemplo, caso você necessite somente de maior memória RAM, pague somente por este upgrade. Assim, não terá necessidade de mudar todo o plano principal contratado anteriormente.

Entenda os Prós e Contras de usar um VPS

Prós

  • Funciona basicamente como uma hospedagem dedicada, pois apesar de dividir espaço físico com outras hospedagem, ele é virtualmente dedicado para o seu site. Isso faz com que seja possível personalizar melhor o seu site com menos limitações, se comparado a uma hospedagem compartilhada. Seu sistema nunca estará sobrecarregado por culpa de outros sites.
  • Os custos são menores, já que não é necessária uma estrutura de servidor única para atender somente o seu site. Assim, você pode construir um site com potencial de crescimento e ir turbinando seu VPS junto com o crescimento do seu site.
  • Ip dedicado com preço baixo. Assim você pode ter funcionalidades otimizadas com scripts e extensões funcionando sem problemas.

Contras

  • Overselling: lentidão provocada por alocação de mais recursos que o servidor consegue suportar. É uma prática não tão comum, mas que pode ocorrer – vender maravilhas impossíveis de serem entregues.
  • Maior complexidade de operacionalização: Ao assumir a tarefa de ser mais flexível do que uma hospedagem de sites comum,  pode ser complexo gerenciar um VPS, principalmente caso não haja um gerenciador simples para se realizar tarefas e se o usuário não tem intimidade com programação. Um gerenciador muito conhecido é o cPanel.
  • Maior capacidade de receber visitas que uma hospedagem de sites comum, porém menor que um dedicado. Consequentemente se for sobrecarregada com múltiplos sites pode não aguentar o que um servidor dedicado aguentaria normalmente.

Como conectar a um VPS Windows?

Passo 1 – Conexão de Área de Trabalho Remota

  • Na contratação de um Windows Server, é possível utilizar a tecnologia Microsoft Remote Desktop para se conectar ao seu servidor.
  • Execute o aplicativo para conectar ao seu servidor as teclas “Windows” e “R” e, ao surgir uma janela “Executar”, digite “mstsc.exe” e clique em ok.

Passo 2 – Aguarde o carregamento do aplicativo até que a janela “Conexão de Área de Trabalho Remota” apareça:

  • Digite o número do IP do seu servidor virtual (fornecido anteriormente) e clique em “Conectar”.

Passo 3 – Após clicar em “Conectar”, aguarde o ponto em que seu servidor virtual vai pedir as credenciais de acesso (também  fornecido anteriormente na sua mensagem de boas vindas).

  • Insira o usuário .\administrator e a Senha, (.\administrator indica uma nova conexão).

Nota: para servidores em Windows, usualmente o usuário fornecido é o “administrador” e a senha é padrão.

Importante: troque a senha assim que possível, visto que ela é conhecida.

Passo 4 – Aguarde a conexão ser estabelecida e a área de trabalho remota ser apresentada.

  • Observe o número que vai aparecer no campo superior direito da tela. Essa será a sua identificação virtual. A partir de agora, a operação de sua máquina virtual em nada vai diferir de um servidor físico.

Conclusão

O VPS Windows é uma ótima alternativa para quem precisa de um plano de hospedagem de sites para o seu negócio on-line e deve encontrar uma solução que atenda às suas necessidades de servidor.

Existem agora vários planos de servidores privados e provedores, escolha o que melhor se encaixa na sua proposta de negócio. Na VPS Windows, ele é altamente flexível, barato e responde a uma grande variedade de usos e aplicações do mercado.

* Dica de ouro: A WebLink estreou nesta quinta-feira, 11/05, seu serviço de VPS Windows atendendo aos pedidos de diversos usuários. Não deixe de conferir esse nosso novo serviço!

Trackback URL: https://www.weblink.com.br/blog/vps/tire-todas-as-suas-duvidas-sobre-o-vps-windows/trackback/

Deixar resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *